Ms Ives, chiquérrima
Ms Ives, chiquérrima

Tava aí, não de bobeira, nunca, never, jamais, sempre preparando algum trampo, projeto, desenho, xis, hiperativa de domingo, porque o resto da semana aí que não tenho tempo mesmo, uma vergonhaaa. Escutando a trilha da Penny Dreadful – série fantástica da vitaminada HBO, muito fã aqui – começando a trabalhar em um pedido (sente o cheiro da procrastinação agora), mas a Srta Vanessa Ives apareceu na minha mente influenciável, minhas mãos começaram a mexer e desenhá-la virou o desafio do dia.

Justificável vai. A Vanessa Ives, clichê delícia, a garota atormentada, demônios, vampiros (feios e do mal, nada de Cullen-com-pele-brilhosa), bruxas peladas e horrendas, com peito (ugh) rasgados, aquela Inglaterra vitoriana mara, aquele frio de fog inglês, sinto frio só de assistir. E a Ms. Ives com aquela beleza gelada, o sotaque british léindo – amo – se encaixa poderosa entre os outros personagens – todos desenháveis! O Mr Malcolm – cultura IMBD agora, o ex 007 contracena com a 1a bondgirl Vesper, no primeiro 007 ever, produzido só unzano atrás. Ela era a Vesper, people! Sou um poço de cultura, I know right. O Dr Frankenstein, magrão, esquisitão, bulinado pelo monstro de olho amarelo, e ele nem é tão feio assim! O monstro do Frankenstein, esse um exemplo de bipolaridade: uma hora vc sente pena e simpatia, depois, uma raiva porque ele sabe ser um escroto. Anyway, entre outros, só vou mencionar meu preferido depois da Vanessa Ives, o Dorian Gray, lindo, rosto simétrico, um anjo só que não. Meio diabólico, manipulador, meio sado, porém com moral. Hehe, moral de monstro. Doro!

Os outros, todos ótimo… o Lobis, que podia ser mais Lobis e menos Josh, na minha opinião… a Bruxa-mãe Madame Kali – que só faz papel semelhante, btw.; a Lily, ex-puta, ex-inocente, ex-tuberculosa, ex-simpatica, ex-frankenstoa… essa é difícil rotular.

Povo, isso tá virando crítica de filme já (profissão frustrada minha)! Só queria compartilhar minha Vanessa Ives e, de quebra, sugerir: Penny Dreadful é ótemo! Bem produzido, filmado, dirigido, música linda, às vezes aparecem uns sangues, às vezes umas baratas e escorpiões, mas tranquilo. História divina (saca o trocadilho). Cheers para a 3a temporada, u-huu.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s